sexta-feira, 1 de agosto de 2008

É tempo de fazer diferença!

"Exerçam a sua cidadania de maneira digna do evangelho de Cristo"
(Filipenses 1:27)

Londrina clama por ajuda e justiça. Essa ajuda não está apenas nas mãos do poder político. Está nas mãos de cada cidadão. Está nas mãos dos cristãos que entendem que o evangelho é pessoal, mas com inserção na vida pública. É tempo de fazer diferença. Para fazer diferença é necessário reverter um processo muito comum na vida das pessoas em relação à política. Esse processo tem cinco fases:

Ficamos (1) indignados com as coisas erradas e injustas, como a corrupção e a falta de valores éticos. Em seguida nos deparamos com a nossa (2) incapacidade de fazer algo. Nos sentimos fracos, sem voz, longe da esfera das decisões que determinam os rumos da cidade. Nesse momento surge a (3) indiferença que é o sentimento de "tanto faz como tanto fez", ou seja, "eu não posso fazer nada mesmo". A irmã gêmea da indiferença é a (4) insensibilidade. Nos tornamos apáticos. Perder a sensibilidade é perder o coração e o sentimento. Resultado: surge a (5) inatividade que é a morte da ação. É o estágio final no qual a pessoa desiste do mundo ao seu redor, vive para si mesma, num processo de distanciamento e isolamento social. É justamente conhecendo esse ciclo, cuja estação final é a inatividade, que certos líderes políticos tomam proveito do distanciamento das pessoas da vida pública para governarem em causa própria, a partir dos seus interesses e agendas pessoais.

Se o apóstolo Paulo vivesse em Londrina, certamente chamaria toda a Igreja de Cristo da nossa cidade para uma palestra com o seguinte tema: "exerçam a sua cidadania de maneira digna do evangelho de Cristo". Deixar a cidade ao seu próprio destino, sem a influência do evangelho de Cristo, é o mesmo que dizer: "cada um por si e Deus por todos". É tempo de romper esse ciclo de morte da cidadania! Nossa indignação deve ser acompanhada de ação! Paulo nos convoca a exercer a cidadania. Precisamos de cristãos nessa cidade que mostrem que o são pela sua prática e não apenas pela sua confissão. A omissão também é uma ação, mas ela ocorre de maneira apática.

É com o espírito e desejo de exercer a essa cidadania que um grupo de pastores e líderes, abaixo assinados, mobilizou-se para apoiar e contribuir para que o nosso irmão em Cristo, Maurício Barros, possa ser um vereador na Câmara de Londrina. Não apoiamos um partido político e sim à sua pessoa pois o conhecemos bem e é importante que você também o conheça.

Maurício Barros é uma pessoa simples e comum, com um grande coração. Até o dia de hoje ele tem se mostrado um homem de Deus, cheio de desejo de ser um cidadão dos Céus na terra. Seu amor a Deus e Londrina o leva a trabalhar em favor das pessoas que necessitam de auxílio. Ele tem um grande diferencial: não diz que se for eleito vai fazer; ele já faz sem ser eleito. Esse é o caráter de um verdadeiro cristão: faz as coisas porque ama, faz porque quer fazer diferença.

Junte-se a nós nessa empreitada! Queremos participar desse processo. Não se trata de apenas eleger uma pessoa. Trata-se de acompanhá-lo, de pensar projetos juntos, cobrar quando necessário e estender a mão sempre. Não se trata apenas de um homem, mas sim de uma cidade – a nossa Londrina!

Por amor a Cristo e por amor a Londrina!

=======================================================
Carta produzida pelos pastores Jorge Barro, Marcos Orison e Antonio Carlos Barro, em protesto contra a realidade política em Londrina, e pedindo apoio à candidatura de Maurício Barros para vereador, um dos homens públicos mais éticos e honrados que conheço.

Jonathan

2 comentários:

Robinson J. De Souza (Roberas) disse...

Parabéns pela iniciativa desses militantes do Reino, que no CAMINHO exercem - e me influenciaram - sua cidadania.

Ao Maurício: Estamos juntos na luta companheiro!!!!

abraço fraternal e militante

Robinson

Jenifer disse...

Vamos votar e torcer!!!